Dra. Mariana Tanaka

Como medir a pressão arterial na criança?

É essencial o manguito com tamanho apropriado ao braço da criança para uma avaliação adequada da pressão arterial (PA).

Site-Mari-19

1. Inicialmente, localize o ponto médio entre a distância do acrômio e o olecrano.

2. Delimite a circunferência do braço (CB) no ponto médio.

Site-Mari-19-1

3. Identifique as dimensões do manguito inflável:
– O comprimento corresponde a 80-100% da CB e a largura ~40% do CB.
Importante: manguito menor que o ideal, aumenta a PA e manguito menor, reduz a PA. Na dúvida, use o maior.

Normalmente, a fabricação dos manguitos obedece à regra:
Comprimento = 2 x a Largura.

Site-Mari-19-2

4. O número recomendado de mensurações são 02 medidas por consulta.

5. O valor corresponde a média dos dois últimos valores estáveis, se houver diferença maior que 5 mmHg.

6. Podemos utilizar os aparelhos de pressão oscilométricos (digital) ou anaeróide em crianças.

7. O método ascultatório nos permite identificar PA sistólica a partir do surgimento do 1o som Korotkoff e a PA diastólica ao desaparecimento do 5o som Korotkoff. Em crianças pequenas no 4o som Korotkoff já identificamos abafamento do som.

8. Após identificada a PA da criança é necessário utilizar as Tabelas de Pressão arterial – Percentis 50, 90, 95 e 99, baseadas na idade, sexo e tamanho corporal (estatura). Link Tabelas. Atualmente, existem aplicativos para smartphones onde podemos após medida da PA e dados da criança (idade, sexo e estatura), caracterizar se a PA esta normal ou alterada. (STAT GrowthCharts).

9. É considerada pressão arterial normal: níveis de PAS e PAD menores que o percentil 90, considerando-se a idade, o sexo e a altura da criança.

feito com